segunda-feira, dezembro 31, 2007

o melhor vídeo clip de sempre

meus amigos, como hoje é noite de festança... (e as meninas que me desculpem) aqui vai, o que na minha opinião é o melhor vídeo clip de sempre... musica à parte... é um regalo...
até digo mais... é um atentado à sanidade mental do individuo que estava ali no meio...

domingo, dezembro 30, 2007

foie gras

Imagine que acabou de comer uma enorme refeição. Sente-se cheio, a transbordar. Logo a seguir é obrigado a repetir outra igual, não aguenta mais. Mas a seguir vem outra igual e depois outra... Sente-se inchado, a rebentar. A agonia é tremenda, não consegue mexer-se e muito dificilmente consegue respirar.
Este é o terrível tratamento por que passam os patos e os gansos para a produção do patê de foie gras.

Desaseis dias antes da matança, e a partir daí diariamente, um funil de mais de 40 cm de comprimento é empurrado pelo pescoço abaixo destas aves. É então forçada pela garganta abaixo do animal, à máquina ou à mão, uma quantidade de cereais misturado com gordura que seria equivalente a 12,6 kg de esparguete para um ser humano.

A partir do 12º dia este processo é repetido de 3 em 3 horas, ou seja 8 vezes por dia.

Por esta altura o corpo do animal já está completamente deformado, não se consegue mexer e respira com muita dificuldade. Ao 17º dia está morto.

Imaginem-se se vos fizessem uma crueldade destas e não tivesse meios para se defender.

Decidi não colocar imagens neste post...


será que os luxos e caprichos do ser humano é o suficiente para se tratar um animal como uma coisa???

sábado, dezembro 29, 2007

be-dom



os be-dom... são bem mais do que um mero show de percussão... aqui, não mostra nada do que pode ver "live"...

terça-feira, dezembro 25, 2007

segunda-feira, dezembro 24, 2007

sexta-feira, dezembro 21, 2007

A todos um bom natal.......


Após um ano de ferverosas, aguerridas, e quase sempre saudaveis discussoes e polémicas no nosso blog, chegou a hora de saudar todos aqueles que contribuiram para para tornar o Pensamento Invicto num blog interessante e dinâmico. A todos estes um feliz natal e se possivél um 2008 ainda mais polémico (de preferência polémica azul e branca!!).

quinta-feira, dezembro 20, 2007

E aqui vai mais um.......


The Go! Team confirmam actuações em Lisboa e Porto
Concertos agendados para o Lux e Casa da Música

Depois de correrem alguns rumores sobre a vinda da banda a Portugal, o colectivo Go! Team confirmou finalmente na página oficial duas actuações em território nacional:18 de Janeiro no Lux e 19 de Janeiro na Casa da Música (23:00 - Sala 2, 15 EUR, The Go! Team+Coldfinger)

O site da banda dá os contactos de ambas as casas de espectáculos, dizendo mesmo que os bilhetes podem ser comprados online (no caso da sala portuense) mas até à data ainda não foram disponibilizados.
Os Go! Team passaram este ano pela edição do Oeiras Alive!

The Go! Team Live@Jools Holland


Parece que a maré está definitivamente a mudar, e que bons concertos no Porto já não são uma miragem!!
E porque não uns LCD Soundsystem?? Arcade Fire?? Interpol?!
Ou estarei a ir com sede demais ao pote?!

quarta-feira, dezembro 19, 2007

Lou Rhodes em Portugal ( voz dos Lamb)

A menina bonita dos Lamb vem a Portugal para 2 concertos... um no Santiago Alquimista e outro na Casa da Musica no Porto... é verdade... os senhores da Everything is New estão a trazer musica ao Porto... a minha alma está parva... depois da confirmação dos Editors, agora a menina dos Lamb...

a musica é boa... mas o vídeo também está muito bom!!!

terça-feira, dezembro 18, 2007

Editors regressam a Portugal em 2008!!


Banda britânica vai tocar em Lisboa e no Porto.

Estiveram entre nós a 16 de Novembro, no Pavilhão do Belenenses (Lisboa) e tomaram-lhe o gosto: os ingleses Editors vão actuar a 2 de Abril no Campo Pequeno, em Lisboa, e a 3 de Abril no Coliseu do Porto.

O regresso da banda de Tom Smith faz-se ainda com An End Has a Start , o segundo álbum do grupo, na bagagem. Os bilhetes já estão à venda e custam entre 22 a 30 euros para o concerto lisboeta, e 25 e 28 euros para o espectáculo na Invicta. Será que é desta que temos um bom concerto na nossa cidade?! Daqui até lá ainda dá tempo para cancelar!!

Joaozinho e o Bom Natal na luz

No primeiro dia de aula a Professora, para conhecer melhor os alunos, resolveu perguntar a profissão do pai de cada um.

- Pedrinho qual a profissão de seu pai?
- Advogado, Professora.

- E a do seu pai, Marianinha?
- Engenheiro.

- E o seu, Aninha?
- É médico.

- E o seu pai, Joãozinho, o que faz ele?
- Ele... Ele... Ele é paneleiro...

- O quê?? - Pergunta a professora, surpresa.
- S'tora. Ele dança em discotecas, com uma tanguinha minúscula cheia de lantejoulas e brilhos, onde homens másculos lhe passam a mão e põem dinheiro no elástico da tanga e depois vão-lhe ao cú e não lhe pagam. A professora rapidamente dispensou toda a classe, excepto o Joãozinho.Vai até ao garoto e pergunta novamente:

- Ouve lá, ó Joãozinho, o teu pai é realmente mariconço?
- Não, Professora. Agora que a aula ficou vazia, é mais fácil dizer a verdade: é que o meu pai é jogador do BENFICA , eu é que tenho vergonha de contar aos outros....

Thom Yorke, Radiohead - Speed Painting by Nico Di Mattia

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Mais uma lição do professor!!


JESUALDO FERREIRA É O PRIMEIRO TÉCNICO A ULTRAPASSAR 2 FASES DE GRUPOS EM 2 ANOS

Jesualdo Ferreira fez questão de lembrar no final do jogo com o Besiktas que a sua equipa tinha conseguido, pela segunda vez na história do clube, passar uma fase de grupos da Liga dos Campeões na condição de líder. Atribuiu os méritos ao grupo, não reclamando qualquer louro para si. Poderia tê-lo feito, acrescentando um dado que o coloca em lugar de destaque enquanto técnico do clube na Champions: o professor é o único a ter conseguido, em épocas consecutivas, o apuramento na fase de grupos. António Oliveira e Fernando Santos tiveram a mesma oportunidade, mas desperdiçaram-na.

Não é no sentido do auto-elogio que tem ido o discurso de Jesualdo enquanto treinador do FC Porto, mas as performances europeias que tem conseguido ao serviço dos dragões são dignas de registo, tendo até em consideração o historial negativo que carregava nas provas da UEFA: três empates, uma derrota e duas eliminações ao serviço do Sp. Braga.

A teoria do “pé frio” caiu por terra e o professor já ultrapassou duas fases de grupos da Champions, sempre com o mesmo número de pontos. Aliás, realce-se que só Oliveira (96/97), Fernando Santos (99/00), Mourinho (03/04) e Jesualdo (06/07 e 07/08) lograram sair do ciclo inicial da prova com mais do que dez pontos na bagagem.

FC PORTO SOMA E SEGUE NA LIGA DOS CAMPEÕES

O FC Porto ultrapassou esta terça-feira pela oitava vez, em 13 presenças, a primeira fase de grupos (agora única) da Liga dos Campeões em futebol, mantendo-se na elite da mais importante competição de clubes do "velho continente".

Recordistas de presenças (13 em 16 edições - a de 1991/92 não entra nas estatísticas oficiais), a par dos ingleses do Manchester United, os "azuis e brancos" repetiram os feitos de 1993/94, 1996/97, 1999/2000, 2001/2002, 2003/2004, 2004/2005 e 2006/2007
Num "top 10" no qual só entram, além dos portistas, formações de Espanha,Inglaterra, Alemanha e Itália, o FC Porto é sétimo, juntamente com o Arsenal, perdendo apenas para Real Madrid, Manchester United, Bayern Munique, AC Milan, Juventus e FC Barcelona.

Nas últimas sete participações, os "dragões" só falharam o apuramento na primeira fase de grupos em 2005/2006: Foram últimos do seu agrupamento, que incluía Inter de Milão, Glasgow Rangers e o modesto Artmedia.
Nesta presença abaixo das espectativas o FC Porto também conseguiu "conquistar" aquela que é para já a única derrota no estádio do dragão para a Champions, frente ao Artemedia.
Qual era o treinador do Porto nesta época??

a) Robert Mugabe

b) Co Adriaanse

c) Omar Kadafi

Fontes: Record, Público

terça-feira, dezembro 11, 2007

Gato Fedorento: Tesourinhos Deprimentes - Português a mais



O treinador intelectual!!
Como é que os jogadores o percebem?!

quinta-feira, dezembro 06, 2007

quarta-feira, dezembro 05, 2007

Jan Saudek

Que me perdoem todos, mas na minha modesta opinião, aqui está o rei do surrealismo... Jan Saudek... Tive a oportunidade de ver um passeio exaustivo pela carreira deste mago da imagem estática numa das minhas visitas à magnifica Praga, e posso vos dizer que foi das exposições que mais me tocou e mais me impressionou... Simplesmente genial!
Deixo-vos aqui um cheirinho da fantástica obra deste Checo, que um dia disse que nunca mais exibia as suas fotos em território Checo... ainda bem que mudou de opinião!!!





terça-feira, dezembro 04, 2007

Fotógrafo Surrealista Português







Aproveitando o post anterior para fazer referencia a José Marafona, sem duvida um extraordinário fotografo surrealista. A sua capacidade imaginativa é fantástica e a sua criatividade é inigualável na fotografia portuguesa (escrevo como leigo no assunto, mas é a minha opinião).

PS: Só mais uma coisa, além de ser Português e pai de um amigo nosso... (ver pelo nome)

Zdzislaw Beksinski - Ambiente surrealista




Polaco, Beksinski iniciou o seu trabalho como fotógrafo, mas foi na pintura e desenho, e parcialmente na escultura, que o tornou famoso.


'I wish to paint in such a manner as if I were photographing dreams. This is an apparent reality, which nevertheless contains an enormous amount of fantasy details. Perhaps other people's dreams and imagination work in some other way, but with me they're always images which tend to be realistic in terms of the play of light and shade and perspective.'

http://www.beksinski.pl/





Eu imPORTOme...


domingo, dezembro 02, 2007

A caminho do Tri-Campeonato!!



Mais um jogo na luz, e mais uma vez o domínio inequivoco do F.C.Porto, mais um grande momento do Quaresma e de uma ''EQUIPA'' e sete pontos de vantagem!!
A caminho do Tri cá vamos nós......

Jornalistas parte 2

Mais uma vez cá estou a criticar quem devia de ser isento e infelizmente não o é!!!
Os jornalistas... pois é... ontem o trabalho dos jornalista foi completamente deplorável... Desde o tentarem ocultar uma grande penalidade mais do que evidente sobre o Lisandro, até ao ponto de na 2ª parte do encontro, pura e simplesmente não terem existido repetições aos lances de dúvida que ocorriam perto da área do SL Benfica... mas dar as repetições das palhaçadas do Sr. Camacho e mostrar as caras de elefantes que os adeptos do SL Benfica faziam... isso não faltou os 90 minutos.
Os comentários do Sr. Miguel Prates foram completamente tendenciosos... por ele os jogadores do FC Porto iam todos para o banho mais cedo, mas o Sr. André Luíz... esse podia distribuir lenha por todo lado... e amarelos para ele??? "Ah... é falta".
Infelizmente se quero continuar a ver o FC Porto na TV tenho de continuar a pagar...

sábado, dezembro 01, 2007

Zeca Afonso

Artista e Cidadão activo que lutou grande parte da sua vida por um dos maiores ideais, A LIBERDADE.

Fez no passado mês de Fevereiro do corrente ano 20 anos que morreu o "Zeca", passados estes anos é a ainda um compositor recordado e será sempre intemporal, porque a liberdade ainda não é uma garantia de todos os povos e a sua musica intervenção marca e fez historia num dos maiores momentos de Portugal, a Revolução dos Cravos e a luta contra a ditadura.

PS: dedico ao meu Pai este post porque também (e como muitos outros) lutou pelo mesmo ideal do José Afonso… só os meios variaram.

sexta-feira, novembro 30, 2007

Fat Freddys Drop - Flashback (Jazzanova's Mashed Bag Mix)



Loose yourself whith this music.........

Boys Noize: Os meninos dançam


É um dos mais eficazes concentrados de energia gravados em disco nos últimos tempos e arrisca-se a obrigar muitos a dançar neste final de ano. "Oi Oi Oi", o álbum de estreia de Boys Noize, une rock e electrónica sem procurar grandes reinvenções e tendo como meta principal a aceleração numa pista de dança. E consegue-o como poucos.

Recentemente, a música de dança tem ganho alguns nomes que recuperam uma pujança e energia comparáveis às de outros que a catapultaram para o mainstream em meados da década de 90.
Projectos como os Justice, Digitalism, MSTRKRFT ou Simian Mobile Disco, entre outros, injectam hoje nas pistas uma visceralidade não muito distante da praticada por uns Prodigy, Chemical Brothers ou Daft Punk na década passada. Estes últimos são especialmente reconhecidos como uma das maiores influências de novos artistas em ascensão, e as fusões electro, rock, house e por vezes disco que os seus sucessores demonstram não deixam muitas dúvidas desse legado.

É o caso do alemão Alex Ridha, mais conhecido como Boys Noize, que no seu álbum de estreia, "Oi Oi Oi" se afirma como mais um nome confirmar a tendência. As suas remisturas para gente como os Bloc Party, Kaiser Chiefs ou Depeche Mode já haviam demonstrado a sua precisão na gestão de ritmos infecciosos e abrasivos, e o disco segue essa linha através de batidas cruas, sintetizadores distorcidos, vocoders ruidosos e melodias ácidas.

Directo e intenso, "Oi Oi Oi" é um prodígio de eficácia nas pistas de dança, obrigando ao movimento dos músculos e susceptível de levar à euforia generalizada.
Temas como "& Down", que abre o disco de forma certeira, "Arcade Robot", com hipnóticas ondulações circulares, ou o contagiante e muito catchy "Oh!" justificam atenção, funcionando enquanto portentos de energia cinética e composições imaginativas. "Shine Shine" é um interessante misto de vozes robóticas e atmosferas um pouco mais apaziguadas e "Don't Believe the Hype" propõe uma absorvente viagem por camadas electro, e ainda que nada disto seja especialmente inovador prova que Boys Noise é um nome a reter.

Mesmo assim, embora todo o alinhamento seja inegavelmente funcional numa pista de dança, nem tudo resulta bem noutros contextos, e em audições caseiras "Oi Oi Oi" pode cansar pela repetição de ideias em algumas canções, que denunciam o escasso electismo do alinhamento. "The Battery" ou "Wu-Tang (Battery Pt.2)" são disso exemplo, queimando muita energia sem sairem da previsibilidade, lembrando os momentos mais fracos de "Human After All", o último de originais dos Daft Punk, registo que no geral "Oi Oi Oi" consegue superar.

Não sendo um disco de eleição, a estreia de Boys Noize cumpre e impõe-se como um sólido party album, ainda que obscuro q.b., e é especialmente recomendável na edição britânica, que inclui como tema bónus a estupenda remistura para "My Moon My Man", que não só esmaga qualquer outro momento como é uma das melhores que se ouviu em 2007

Boys Noize"& Down"


Fonte: SAPO Notícias

Os teus 30 anos...

A voz feminina das manhãs da cidade FM, que é sem duvida a menina mais simpática e bem disposta da rádio portuguesa, fez ontem 30 anos. Não podia deixar passar no blog a oportunidade de felicitar tão importante data desta excelente comunicadora da família Azevedo.

PARABENS JOANA e um bom aniversário

terça-feira, novembro 27, 2007

Ricardo Quaresma



E dizem que é um jogador vulgar...

Ass: Dario Coelho

segunda-feira, novembro 26, 2007

joey jordison

Um dos melhores bateristas do mundo... para quem não o conhece, é baterista e guitarrista dos Slipknot e é essência da banda. Costuma tocar de mascara como o resto do grupo e é um “ÁS” na bateria, apesar de eu não gostar muito da sua banda, o reconhecido mérito que lhe é imputado é também por mim partilhado. Já colaborou com os Korn, os Metálica etc etc etc trazendo sempre algo de novo ás musicas em que colabora ou nos concertos que dá, por isso, partilho convosco este solo fantástico de um baterista genial.

Ai os aeroportos em Portugal!!!

O aeroporto do Porto arrisca perder a oportunidade de conseguir atrair, nos próximos sete anos, quatro milhões de passageiros da Ryanair. Tudo porque a ANA (empresa que faz a gestão dos aeroportos) não se tem mostrado receptiva a fazer algumas cedências que permitam a criação de uma base daquela companhia aérea de baixo custo no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. A possibilidade de o Norte estar a "desperdiçar" uma oportunidade de desenvolvimento está a indignar políticos e empresários. O PSD/Porto vai pedir esclarecimentos ao Ministério das Obras Públicas "por suspeita de favorecimento do aeroporto de Lisboa".
Depois de o presidente da Ryanair, Michael O'Leary, ter vindo a público acusar a empresa de estar a travar o crescimento do aeroporto do Porto, a ANA repudiou as declarações, numa nota de Imprensa, na qual dá a entender que em causa está a necessidade de dar as mesmas condições a todas as companhias.
  • "Por que é que a ANA não oferece o mesmo desconto nas taxas a qualquer companhia que garanta quatro milhões de passageiros nos próximos anos?", questiona Rui Moreira, presidente da Associação Comercial do Porto (ACP), que foi contactado pela direcção da Ryanair para interceder junto da ANA.
  • "É mesmo uma posição de Estado. Se o aeroporto fosse privado isto não acontecia", refere Couto dos Santos, vice-presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP).
  • "Há aqui quatro milhões de passageiros à mão de semear. Temo que isto possa servir de motor para o investimento na requalificação do aeroporto de Vigo", alerta Rui Moreira.
A decisão da ANA terá de ser tomada até ao final do ano, caso contrário a Ryanair escolherá outra cidade para localizar a base. Valência, Bristol, Belfast são hipóteses já avançadas, mas há dez localizações na corrida. Algumas podem servir de alternativa ao Porto e até vir a prejudicar o desempenho do Sá Carneiro.

O que pede a Ryanair?

  1. Desconto nas taxas
    • Para criar uma base no aeroporto Francisco Sá Carneiro, a Ryanair pede um desconto de quatro euros por passageiro embarcado (inclui viagens de ida e volta), verba a deduzir no valor total das taxas que o aeroporto cobra à companhia aérea de baixo custo.
  2. Espaço para escritórios e pernoita de aviões
    • A base da Ryanair implica a disponibilização de espaço para escritórios no aeroporto, bem como a possibilidade de os aviões pernoitarem no Sá Carneiro, com tripulação e pessoal de manutenção das aeronaves.
  3. Aumento de meio milhão de passageiros por ano
    • Com uma base no aeroporto do Porto, a Ryanair garante 1,5 milhões de passageiros ao fim de um ano de funcionamento e um crescimento sucessivo, durante sete anos, de meio milhão de passageiros anuais. Estima-se que cada cliente da low cost gaste nas imediações do aeroporto entre 125 a 150 euros. O acordo tem de durar pelo menos dez anos, estabelece a companhia aérea.
  4. Emprego a 200 pessoas
    • Duzentos empregos directos são garantidos pela Ryanair com a instalação da base no Porto.
Fonte: Jornal de Notícias

domingo, novembro 25, 2007

Tourada Americana!!!

Amigos da tourada... aqui está uma forma, onde os intervenientes se divertem à grande... estão numa de mano-a-mano... e não tratam mal o animal!!!
Estão a ver como se conseguem divertir com os touros sem ter que espetar espadas, bandeirinha ou outra coisa qualquer!!!



E o touro saiu... limpinho...

sexta-feira, novembro 23, 2007

Por qué no se calla Hugo Chávez

A Venezuela é criadora de uma nova esquerda latino-americana definida por Bolivarianismo. O Bolivarianismo venezuelano conjuga uma ideologia de esquerda, o nacionalismo e o regionalismo contra a hegemonia dos EUA. O populismo Venezuelano, destaca-se nas relações latino-americanas e no sistema internacional, sobretudo por duas razões: A nível económico – factor petróleo, pertencendo à OPEP; Ao nível Político – após a ascensão de Hugo Chávez – a presidência, semelhante à de Perón, com uma política populista, nacionalista e à semelhança de Fidel Castro, equitativa dos rendimentos do petróleo e, segundo os críticos, agrega ainda, o terrorismo e o crime organizado e o autoritarismo.
Em suma, esta nova filosofia política nacional da Venezuela conhecida por Bolivarianismo, é caracterizada por defender uma autonomia nacional sendo esta uma das razões porque Chávez e a Venezuela se desvinculam do direito internacional, optando por em 2007 sair do FMI e do Banco Mundial; por uma maior participação do povo, mediante eleições e referendos tentando aproximar-se do modelo de democracia directa; procura uma ética de serviço publico sendo o serviço publico sempre justificado pelo interesse do seu destinatário - o povo, justificando-se por exemplo, assim o encerramento da televisão privada; a distribuição justa dos rendimentos do petróleo levando a uma renegociação dos royalties, dos direitos de concessão de exploração do petróleo venezuelano e por último uma luta contra a corrupção.
A importância de Chávez, advém não só do peso da sua decisão na OPEP, como também do peso da sua economia enquanto parceira dos restantes Estados latino-americanos, mas sobretudo, pela sua direcção política que adoptou contra os EUA, contagiando os restantes Estados, nomeadamente o Brasil e a Bolívia. Chávez irá contar com a oposição norte-americana, com a oposição interna das elites, quer dos conservadores católicos, quer com a oposição das associações sindicais e patronais, quer com a oposição da elite ligada ao petróleo e a função pública, mas ao apoiar-se na população de descendência indígena que vive no limiar da miséria consegue uma significante massa de apoio mas torna-se um dos líderes mais controversos da América Latina.
Chávez associou-se à guerrilha denominada de MBR (Movimento Bolivariano Revolucionário), instalada junto à fronteira com a Colômbia. Ainda hoje é acusado de colaboracionista com a guerrilha/ máfia da droga da Colômbia. A primeira vez que Chávez aparece na cena política venezuelana foi quando participa no golpe de Estado fracassado, contra o então Presidente venezuelano, Carlos Pérez, sendo preso e posteriormente libertado, 2 anos depois em 1994, quando funda o partido/ movimento “V República”. Este partido irá iniciar uma oposição aos 2 partidos que governavam a Venezuela e que são o COPEI, de pendor democrata-cristão, e a Acção Democrática, mais liberal.
Chávez ganha as eleições presidenciais de 1998, é assim, eleito democraticamente com a maioria dos votos. A partir de 1998 procede a uma verdadeira revolução política, económica, social, segundo os críticos, transformando-se num ditador corrupto ao nacionalizar os factores produtivos da nação, por exemplo, pede ao parlamento poderes especiais quase ilimitados para governar, dissolve o Congresso, declara o Estado de emergência, altera e reestrutura o sistema venezuelano e promove a criação de uma nova Constituição, transformando a Venezuela na República Bolivariana da Venezuela, confirma definitiva a democracia como modelo político e económico e proíbe qualquer tentativa de privatização dos recursos petrolíferos.
Por força de uma nova Constituição realizam-se novas eleições legislativas e presidenciais, confirmando-se novamente a vitória de Chávez. Reforça-se a reestruturação económica, nomeadamente, reorganiza as centrais sindicais, procede à reestruturação de algumas empresas, aumentando assim, a oposição interna e externa a Chávez, nomeadamente, da elite estrangeira, que tem agora meios interlocutores na Venezuela, a elite interna “renovada” dos principais cargos políticos e os imigrantes, sobretudo europeus, que se sentem perseguidos.
Paralelamente à crise económica internacional, a crise economia interna e a oposição interna precipitaram uma greve geral, exigindo a renúncia de Chávez. Essa greve torna-se importante porque se prolonga no tempo, levando à prisão de Chávez em 2002, sendo anunciado nos media que ele se tinha demitido. Um contra-golpe popular permite a libertação de Chávez e o seu retorno ao poder. A evolução política da Venezuela, é condicionada numa primeira fase pela crise norte-americana dos atentados do 11 de Setembro e pelos compromissos assumidos pelos, EUA na OEA (Organização dos Estados Americanos) e na cena internacional do apoio às democracias.

Por último, Hugo Chávez na sua Política Externa tem promovido uma aproximação aos países do Médio Oriente e claro continua o combate contra a unipolaridade unilateral do sistema Internacional protagonizado pelos Norte Americanos, mas que, pode agora ser estendida aos paises ocidentais (Europa) consequência da frase impulsiva de Juan Carlos "por qué no te callas".

segunda-feira, novembro 19, 2007

Duran Duran - Falling Down



Produzido por Justin Timberlake (que também canta) e Timbaland, o novo single dos Duran Duran tem um teledisco que já foi considerado para maiores de idade. Em causa estão manequins numa clínica de reabilitação, num clip rodado por Anthony Mandler, o realizador de «When You Were Young», dos Killers. Red Carpet Massacre , o 11º álbum da banda de Simon Le Bon, esta a partir de hoje á venda.

Gato Fedorento: aeroporto de Lisboa em... Bragança!



Como a brincar a brincar se dizem as verdades!!

sexta-feira, novembro 16, 2007


Foto de Henri Cartier-Bresson


As pessoas são capazes de suportar tudo, desde que o possam suportar confortavelmente sentadas.
Luísa Costa Gomes


In Público

A Pantera Cor-de-Rosa

Não acham que a Pantera Cor-de-rosa foi a primeira expressão massiva de uma cultura gay?... era ele ou ela? Havia feito a operação ou não? Por que é que andava sempre nu e não se via nada?

E não será a camisola de um dos clubes da segunda circular uma tentativa idêntica ao movimento da Pantera Cor-de-Rosa?? O seu avançado centro (ou ponta-de-lança) será ele ou ela?? E porque é que jogam tanto (tempo claro) e nunca se vê nada??

quinta-feira, novembro 15, 2007

Eduardo Mourato - "The Blue Ocean"

Não podia deixar o MOURATO passar sem vos apresentar.

DO BLOGUE PENSAMENTO INVICTO PARA O MUNDO, EIS A SENSAÇÃO DO MOMENTO, CONVOSCO DIRECTAMENTE DOS AÇORES MOURATO.

PS: Dizem que tem futuro na sua aldeia... e o nome não vos faz lembrar alguem??

Pensamento do dia...


Quem tem telhados de vidro... é melhor não atirar pedras...

quarta-feira, novembro 14, 2007

Trabant já tem meio século

Na noite de 9 de Novembro de 1989, quando as primeiras pedras do Muro de Berlim começaram a colapsar, centenas de alemães da antiga República Democrática Alemã pegaram no seu velho e resistente Trabant - o carro-símbolo do depauperado regime comunista que imperava do lado oriental da cidade e do país - e rumaram ao tão almejado Ocidente, ao encontro dos familiares separados durante 28 anos. O velho e simples Trabant é, desde aí, acarinhado por ter sido o veículo dessa marcha. E está agora de parabéns, no mês em que se completam 50 anos sobre o início do seu fabrico.
O Trabant é, mais do que qualquer outra coisa, um ícone da divisão do mundo, tal como o século XX o conheceu, em duas esferas ideológicas. (...)
Começado a construir em 1957, mais precisamente a 7 de Novembro, na fábrica da Sachsenring (que justifica o S que distingue a marca), na cidade de Zwickau, o Trabant, cujo nome remete para a típica expressão comunista de camarada, neste caso “camarada de viagem”, foi pensado para fazer face à escassez de meios e materiais com que o Leste da Europa se confrontava.Feito de uma espécie de fibra de vidro misturada com algodão reciclado, o Trabant foi feito para durar, apesar dos desafios que o frio extremo do Leste europeu colocava aos frágeis materiais. Mas sobreviveu. Sobreviveu à queda dos regimes comunistas para cujos ideais foi construído. E é hoje um objecto de culto dos alemães e checos que não se desfazem dos seus Trabant. E é também uma dor de cabeça para quem se dedica à reciclagem de carros usados, uma vez que o seu material reciclado, ironicamente, é quase impossível de reciclar. (...)

Fonte: Público

Joy Division - She's Lost Control (Live 1979)



She said I've lost control.
She's lost control again.
She's lost control.
She's lost control again.
She's lost control.

Control, The Movie



Um filme para ver e ouvir!!
A partir de hoje nos cinemas.

terça-feira, novembro 13, 2007

GOSSIP


Norman Rockwell

Bisbilhotice – substantivo feminino singular = mexerico, intriga, cusquice (para os amigos).

Nada mais é do que a presença de um vazio interior.

Ou será como diz o nosso Eça?

"Amigo meu, não despreze a bisbilhotice! Ella é um impulso humano, de latitude infinita, que, como todos, vae do reles ao sublime. Por um lado leva a escutar às portas e pelo outro a descobrir a América!"
Eça de Queirós in Cartas de Fradique Mendes

Tenho uma cadela curiosa... ou será bisbilhoteira?

Bjork - It's Oh So Quiet

Bjork fez ontem anos, sendo uma das maiores musas e contendo uma das melhores vozes da música contemporânea merece a referencia e saudações do seu aniversário neste blogue, a Islandesa completou ontem 42 primaveras e quanto a mim bem feitas por sinal!!!

O vídeo dedico ás quatro malucas de barroselas que quando ouvem esta musica quase que rebentam os tímpanos do resto dos hospedeiros...

Finalmente algo no Porto!!


Novo festival no Porto

Sons and Daughters, Tunng, 1990s e Black Strobe confirmados no Heineken Paredes de Coura Club.

Heineken Paredes de Coura Club é o nome de um novo festival a acontecer no Porto, nos próximos dias 14 e 15 de Dezembro.
A notícia foi confirmada à BLITZ por João Carvalho, da Ritmos. Do cartaz do evento fazem parte os escoceses Sons and Daughters (na foto) e 1990s, os franceses Black Strobe, os ingleses Tunng e os portugueses Sizo, bem como o DJ Jean Nippon e os New Young Pony Club, em formato de DJ set.
Todos os espectáculos acontecem no Teatro Sá da Bandeira. Os bilhetes custam 15 euros (um dia) ou 25 euros (dois dias).

Excelente iniciatiava a semelhança do que aconteçe noutros paises com vários Festivais a fazerem o mesmo, como por exemplo o Club Primavera Sound ou o Glastonbury Club. Porém acho que para ter adesão o cartaz ainda vai ter de melhorar um bom bocado, porque os Portuenses andam sedentos de boa música mas na minha opinião não ''comem'' tudo!!

Interpol@Coliseu de Lisboa

Pioneer To The Falls


C'mere


No I in Threesome


Já que momentos como este escasseiam pela nossa cidade, nunca é demais repetir-me.....

sexta-feira, novembro 09, 2007

Grand National - By The Time I Get Home There Wont Be Much Of A Place For Me



Grande musica da minha última descoberta - Grand National!! E também um excelente videoclip!!

They say you're nothing but a party girl,
Just like a million more all over the world...

Elvis Costello - Party Girl

Girlie Magazines

Alphonso Mucha e Jules Cheret criaram as primeiras imagens de mulheres em poses sensuais para posters no final do século XIX, em Paris. Com os posters, vieram os calendários com mulheres de silhuetas idealizadas pela imaginação masculina da época, já no século passado. Debaixo de uma aura de inocência, transparece toda a sensualidade acentuada por roupas que deixam, aqui e ali, aparecer um pedacinho do corpo da figura retratada. Apesar da censura, os traços elegantes do movimento art noveau acabaram por tornar aceitáveis as figuras desnudas, que estamparam desde os filtros de cigarros às caixas de bombons.
Nos anos 20, Raphael Kirchner ilustrou a vida parisiense com mulheres assumidamente sensuais, muitas vezes em poses e situações que denotavam lesbianismo. Nessa época, porém, era Hollywood quem mais produzia posters para divulgar os filmes. A revista Esquire também ilustrava as suas páginas com mulheres sedutoras que acompanhavam os soldados que partiam para a segunda guerra. Foram elas que, pela primeira vez, mostraram os seus pêlos púbicos numa revista masculina.
Do desenho, surgiram as pin-ups em carne e osso. As mais famosas foram Betty Page e Norma Jean, que virou Marilyn Monroe e cuja estreia, em fotos para um calendário nua sobre um fundo de veludo vermelho, tornou-se uma imagem reconhecida em todo o mundo.

Pin-ups de Peter Driben







quinta-feira, novembro 08, 2007

O FEMINISMO

Nas sociedades "ditas" ocidentais, o Feminismo, passou de uma necessidade a uma moda e agora a um fanatismo desmedido da mulher na procura da auto-afirmação usando como pretexto a obtenção de igualdade. Igualdade essa relativa, porque, apregoam cada vez mais por direitos, todos consagrados já nas lei ocidentais, mas agora e cada vez mais apregoam por regalias, querendo mesmo regimes de exclusividade feminina.

Estou certo que a xenofobia do séc. XXI será o feminismo levado ao seu extremo, como um fanatismo comparado aos movimentos extremistas nacionalistas e/ou religiosos. A vontade da mulher feminista contemporânea passa pela vontade quase hitleriana de extermínio do homem, e se deixarmos, podemos mesmo assistir há formação de campos de trabalho forçado (trabalhos que já são os homens que fazem e as mulheres não apregoam) ou a campos de extermínio em massa.

Comecei por dizer que a igualdade defendida pelos movimentos feministas era relativa e passo a explicar porquê; já viram as mulheres a apregoar mais trabalhos de uso da força, como a exploração mineira e petrolífera, a carpintaria, ou a mestre de obras etc, etc, etc… ou a defenderem que quem deve abrir a porta do carro e pagar as contas do jantar são as mulheres, não claro que não, por isso, é caso para dizer que o feminismo deixou de ser uma luta das mulheres e passou a ser um novo fundamentalismo xenófobo do séc. XXI.

Contudo e apesar de não gostar da mulher feminista vejo no poema de António Gedeão ainda uma realidade dos tempos de hoje nas sociedades que se dizem desenvolvidas… infelizmente!!!
Foto: contra-capa do album She Want's Revenge

A Concert To Admire!!


Mais uma vez não me arrependo de me ter rendido ao ''centralismo musical'', ter feito uns kilometrositos e de ter gasto alguns euros para assistir a a horita e meia de música ao vivo!! Estou a falar do concerto de Interpol ontem a noite no fantástico coliseu de lisboa. O concerto dos Americanos Interpol estava ganho a partida , com bilhetes esgotados ha muito, uma legião de fãs que eu desconhecia existir, sedentos de ouvir pela 1ª vez os Interpol fora do contexto de um grande festival!!
E na minha opinião não desiludiram, tocaram músicas dos três albuns, sem mácula, a roçar a perfeição!
Os quatro Interpol entraram ao som da guitarra de Daniel Kessler, atirando-se parcimoniosamente ao expectante «Pioneer To The Falls». A postura da banda em palco manteve-se inalterável de início ao fim: Paul Banks (voz, guitarra) ao meio, Daniel Kessler (guitarra) à esquerda (ambos na frente de palco); atrás, o baixista Carlos Dengler (à direita) e o baterista quase quarentão Sam Fogarino (centro).
Com poucas palavras entre as músicas, os Interpol reservaram para a primeira metade do concerto êxitos como «Obstacle 1» e o novo single «Mammoth», seguramente um dos temas mais vibrantes do repertório da banda.
Sem surpresas, «Slow Hands» agitou as hostes pelas primeira vez, mas a banda não capitalizou e repousou numa extensíssima «The Lighthouse», que fez acender cigarros na plateia.
Para o final, nova remessa de êxitos: em «Evil» clamou-se por Rosemary, em «The Heinrich Maneuver» recriou-se a «sonoridade Interpol» clássica (guitarras crispantes, voz grave e solene, secção rítmica geometricamente esculpida); «PDA», tensa e feroz, representou despedida em grande estilo.


Alinhamento
Pioneer To The Falls
Say Hello To The Angels
Narc
Obstacle 1
Scale
Mammoth
No I Threesome
Slow Hands
Rest My Chemistry
The Lighthouse
Evil
C'mere
The Heinrich Maneuver
Not Even Jail
Take You On a Cruise
Stella Was a Diver and She Was Always Down
PDA

«Pioneer To The Falls»


Começou assim em Lisboa...

«Mammoth»


Por aqui passou.....

«PDA»


E assim terminou...

Como é evidente passaram por todos os clássicos, mas esses todos conhecem...
É evidente que em Lisboa foi ainda melhor (Mas ainda não há videos!!) porque eu estava lá!!

Contêm excertos e fotos da reportagem efectuada pelo Blitz

Calçada de Carriche

Luísa sobe,
sobe a calçada,
sobe e não pode
que vai cansada.
Sobe, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe
sobe a calçada.


Saiu de casa
de madrugada;
regressa a casa
é já noite fechada.
Na mão grosseira,
de pele queimada,
leva a lancheira
desengonçada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Luísa é nova,
desenxovalhada,
tem perna gorda,
bem torneada.
Ferve-lhe o sangue
de afogueada;
saltam-lhe os peitos
na caminhada.
Anda, Luísa.
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Passam magalas,
rapaziada,
palpam-lhe as coxas
não dá por nada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Chegou a casa
não disse nada.
Pegou na filha,
deu-lhe a mamada;
bebeu a sopa
numa golada;
lavou a loiça,
varreu a escada;
deu jeito à casa
desarranjada;
coseu a roupa
já remendada;
despiu-se à pressa,
desinteressada;
caiu na cama
de uma assentada;
chegou o homem,
viu-a deitada;
serviu-se dela,
não deu por nada.
Anda, Luísa.
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Na manhã débil,
sem alvorada,
salta da cama,
desembestada;
puxa da filha,
dá-lhe a mamada;
veste-se à pressa,
desengonçada;
anda, ciranda,
desaustinada;
range o soalho
a cada passada,
salta para a rua,
corre açodada,
galga o passeio,
desce o passeio,
desce a calçada,
chega à oficina
à hora marcada,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga;
toca a sineta
na hora aprazada,
corre à cantina,
volta à toada,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga.
Regressa a casa
é já noite fechada.
Luísa arqueja
pela calçada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada,
sobe que sobe,
sobe a calçada,
sobe que sobe,
sobe a calçada.


Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Dedico este poema a todas as Luisas espalhadas pelo mundo fora


Poema de António Gedeão

PS: O Pintinho gosta muito deste poema... até ja o recitou

quarta-feira, novembro 07, 2007

A mulher que ELES chamam fatal


Fotografia de Aaron Hawks
Sempre bem vísivel 'a ambivalência da atitude masculina diante do feminino (e até aqui nada de novo): fascinação e repulsa, adoração submissa e ódio agudo (poderíamos dizer histérico?), desejo de aconchego e terror incontrolável' (Dotin-Orsinni)
Deixando-nos de politiquices, futeboladas e outras coisas mais, o que me dizem sobre o comportamento ambíguo deles em relação a elas? Será que a liberdade - ou liberdades - da mulher afronta tanto a mente masculina?

segunda-feira, novembro 05, 2007

Lesão de Figo

Estou a escrever estas palavras pelo simples motivo de mostrar um pouco da minha indignação em relação ao lance que provoca a lesão ao jogador Luís Figo.
Toda a comunicação social empolou o lance duma forma demasiadamente excessiva... tentando dizer que o checo Nedvěd teve uma entrada demasiadamente maldosa... Após uma análise calma, reparei que Nedvěd chega mesmo a tocar na bola... Estamos a falar de um jogador que durante toda a sua carreira levou uma conduta extremamente correcta e plena de Fair-Play... e não se esqueçam que o oposto não se verifica! O lance é totalmente ocasional... até creio que o cartão amarelo é exagerado...
Acho que a comunicação social portuguesa por vezes devia analisar melhor os factos antes de os comentar!!! Mas isso talvez seja o mais difícil!!!
Tocam no menino... ui ui...

sexta-feira, novembro 02, 2007

segunda-feira, outubro 29, 2007

Bloc Party - The Flux

Ingleses lançam o single em Novembro



«The Flux», o novo single dos Bloc Party, mostra uma nova direcção para a banda de Kele Okereke - tanto no som, agora mais electrónico, como no vídeo, protagonizado por robots gigantes?!



Depois não digam que é sempre a mesma coisa........

domingo, outubro 28, 2007

Parov Stelar


  • Love



  • Shine Feat. Lilja Bloom

Ora bem... eu que sou um gajo do Rock & Roll... estou a por aqui um vídeo de musica electrónica...
Pois é... há que dar valor a quem o tem... e pelos temas que pude ouvir no myspace deste austriaco, o gajo tem jeito para a coisa... e cativa quem passa por la... os temas trazem qualquer coisa que nos prende...

sábado, outubro 27, 2007

Duas décadas de ouro


O palmarés do F. C. Porto e os seus adeptos. Ou vice-versa. Estas são as linhas de força que levaram a Nike a renovar o contrato com a SAD portista por mais quatro anos, até 2012. Ter sido o clube com mais vitórias internacionais conseguidas nos últimos 20 anos, logo a seguir ao AC Milan, e deter o recorde de presenças na Champions (13), a par do Manchester United, são, no fundo, razões de peso para prolongar a ligação e, ontem, destacadas por Pinto da Costa.

A estas, o director-geral da Nike Ibérica, Carlos Homedes, juntou o carácter aguerrido da massa associativa, num piscar de olhos à potencial clientela. "Os adeptos do F. C. Porto são o melhor exemplo de determinação, carinho e garra para todas as batalhas", sublinhou o responsável por aquela marca desportiva, ontem, no Dragão, na cerimónia da assinatura do novo contrato.

O presidente portista considerou "excelente" o relacionamento entre as partes, já duradouro desde o ano 2000. Também salientou os "bons resultados" alcançados, confirmando-os na prática, mediante o desempenho da equipa nos últimos 20 anos. Nesse período, o F.C. Porto é recordista de presenças na Champions, a par do Manchester United (13 em 16 edições da prova), cabendo aos ingleses a melhor série de participações seguidas (12). Desde a existência da liga milionária, substituta da Taça dos Campeões Europeus, só em três anos os dragões falharam a entrada na mais importante prova de clubes da Europa. A saber 1994, Tomislav Ivic/Bobby Robson; 2001, Fernando Santos; 2002, Octávio Machado/José Mourinho.

A esta realidade, Pinto da Costa anexou outro dado, igualmente importante e sintomático da projecção mundial - a seguir ao AC Milan, com 12 triunfos internacionais, o F. C. Porto é o segundo da tabela, com seis vitórias, nos últimos 20 anos (duas vezes campeão europeu, duas vezes vencedor da Taça Intercontinental, mais uma Supertaça e uma Taça UEFA conquistadas). "Tudo isto aumenta o interesse pelo F. C. Porto e estou certo que este não será o último contrato ", adiantou, agradado com a parceria com a multinacional norte-americana.

Embaixador de Portugal

O AC Milan lidera, então, a lista dos troféus ganhos desde 1987 - cinco vezes campeão europeu, duas vitórias na Taça Intercontinental e cinco na Supertaça, uma das quais frente ao F. C. Porto, em 2003, por 1-0, com golo de Shevchenko. Irmanados com os dragões, em número de troféus e na última vintena de anos, surgem o Real Madrid e o Barcelona. Também em seis ocasiões conseguiram o "caneco".

No Dragão, numa cerimónia com a administração portista sentada na primeira fila, mas sem direito a perguntas dos jornalistas, o representante da Nike ouviu Pinto da Costa e a referência aos êxitos desportivos. Além de realçar a valia dos adeptos, Carlos Homedes aludiu à grandeza do F. C. Porto, classificando-o como o "grande embaixador do Porto e de Portugal". O clube das Antas é visto como "uma das melhores marcas portuguesas". Depois, tendo presente o empate com o Marselha (1-1), puxou do jogo para dizer que o F. C. Porto é uma "equipa guerreira, que nunca vira a cara à luta". A concluir, enfatizou que os bicampeões se enquadram no "espírito desportivo" da multinacional, "nunca se dando por vencidos". Mais "quatro anos de sucessos" é o caminho desejado.


No comunicado exposto à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD do F. C. Porto anuncia que a aliança com a Nike fará entrar nos cofres azuis e brancos entre 11 milhões de euros , no mínimo, e 15 milhões de euros, no máximo. É uma espécie de contrato por objectivos, daí a incerteza quanto aos números conseguidos no final do acordo, válido até 2012. "Depende da respectiva performance desportiva durante a vigência do contrato", pode ler-se no comunicado, que baliza as verbas a encaixar entre 11,1 milhões de euros e 14,8 milhões de euros. Em troca, o F. C. Porto prorrogou o acordo de "sponsorização e licenciamento com a marca de equipamentos desportivos". A parceria, que terminava agora, ainda que já tivesse sido anunciada a sua continuidade, foi renovada por mais quatro anos. Pinto da Costa já o tinha referido anteriormente, mas só ontem é que o acordo passou ao papel e com o respectivo cunho oficial. Até 30 de Junho de 2012, a Nike será o "fornecedor exclusivo de equipamentos oficiais do F. C. Porto em todas as competições". De recordar que na área do merchandising, o F. C. Porto cedeu a sua marca à TBZ, num contrato celebrado em 2006 e com a validade de 10 anos. Entre outras vertentes, cabe à TBZ explorar as lojas do F. C. Porto.

Fonte: Jornal de Notícias

sexta-feira, outubro 26, 2007

Cansei de Ser Sexy Live - Jagger Yoga@Garorock Festival



E os Css continuam por ai!! Nova música, Jagger Yoga.....e nós continuamos a dançar!!

Break do Socrates



Mais um que não gosta de fazer nenhum... e só sabe criticar e falar mal!!!
ai ai ai... meus amigos... há que trabalhar... ajudar a mãe pátria... ela que tanto nos ajuda todos os dias... Se os impostos aumentam é para que não tenhamos vícios estúpidos... mais vale enriquecer quem de nós trata e cuida, com tanto amor e dedicação, do que dar dinheiro a outros, ou mesmo guarda-lo no banco... Para quê? o juro ta tão baixo... o que interessa é que todos os indicadores mostram que a nossa mãe pátria está em próspera evolução... a educação está de vento em popa!!! Já há quem fale em retirar os filhos dos externatos para os meterem nas públicas... pois as melhores notas dos exames nacionais são das escolas públicas!!!
Seguros de saúde? Para que é que se precisa disso? A nossa segurança social é tão boa!!! Até já criou o sistema de "maternidades ambulantes"... as maternidades convencionais estão obsoletas... a moda é parir na beira da estrada!
Agora, parem de ler esta trampa e vão trabalhar... enquanto estiveram a ler isto... podiam estar muito bem a fazer algo de produtivo para a nossa mãe pátria!!!

quarta-feira, outubro 24, 2007

Roxy N´Tug

Main Thing, Roxy Music, Avalon, 1982



24 anos depois, os incríveis Rub N' Tug fizeram uma remistura que pode ser ouvida em http://www.myspace.com/rubntug. Muito bom!!

Fonte: Blog coisas_que _fascinam(http://coisas-que-fascinam.blogspot.com/)

sexta-feira, outubro 19, 2007

Boavista!!!



Titas... forgive me!!! but... it's really funny!!!

quarta-feira, outubro 17, 2007

Hard-Fi - Suburban Knights



Uma música óptima para as claques de futebol adaptarem!!

She Wants Revenge - True Romance



Aqui está o primeiro single retirado do segundo albúm dos She Wants Revenge, intitulado ''This Is Forever''.
Devido a restrições que o ''Universal Music Group'' coloca no Youtube para os seus artistas não foi possivel colocar o video, mas aqui fica o link para quem estiver interessado:

http://www.youtube.com/watch?v=bX-uvKqZBXE&mode=related&search=

E ela ou elas continuam a vingar-se!!

terça-feira, outubro 16, 2007

Criminosos

Estamos numa sociedade ultra-insegura... os vândalos andam por aí a fomentar a violência, a extorsão, os delitos de todas as formas e feitios... a insegurança impera por estes dias que vivemos... a mais recente vítima de actos de vandalismo foi o nosso orgulho... o café "O Poeta"!
Após um investimento nunca antes visto pelo café, a colocação de uma placa indicadora do mesmo, surge um qualquer meliante ou grupo de meliantes, e rouba a nossa indicação... o nosso norte... para quem visita quase que diariamente este nosso "segundo lar", o furto de tal placa, é quase como perdermos a nossa bússola biológica... É com muito custo que chegamos ao nosso Poeta... mas apesar da dificuldade, lá conseguimos atingir o nosso objectivo...
Quem não conhece as especialidade do nosso segundo lar, provavelmente irá ter muitas dificuldades, ou será mesmo impossível apreciar uma alheira requentada diversas vezes, ou mesmo o grito da inovação na restauração... o "Fino em segunda mão"!
Lamento meus amigos... talvez com um GPS lá cheguem!!!
Apreciem a foto... pois, actualmente no local... apenas há um vazio... uma imensidão de nada!!!

segunda-feira, outubro 15, 2007

Gato Fedorento

Liberdade de Expressão



Telejornal



Quando o governo se põe a jeito e tem atitudes ridículas, não apropriadas aos dias de hoje......como resultado.....é ridicularizado também!!

domingo, outubro 14, 2007

Interpol live @ Reading Festival 07

The Heinrich Maneuver


Obstacle 1


Finalmente vamos ter a possibilidade de assistir a um concerto único dos Interpol, numa sala só para fiéis, dia 7 de Novembro no Coliseu de Lisboa.
Os nova-iorquinos Interpol deram nas vistas em 2002 com o álbum de estreia, “Turn on the Brigth Lights”, numa altura em que o rock voltava a fervilhar na “cidade que nunca dorme”, graças a nomes como Strokes ou Yeah Yeah Yeahs.
O regresso em 2005 deu-se com “Antics”, disco que levou os Interpol à fama planetária, graças a singles como “Evil” e “C’mere”, onde mais uma vez a voz de Paul Banks marcava a diferença.
Em Julho chegou às lojas o aguardado “Our Love to Admire”, que tem no single “The Heinrich Maneuver” um belíssimo cartão de visita, tanto musical como visualmente – não convém deixar de ver o magnífico teledisco que acompanha a música.

Para mais informações consultar http://www.everythingisnew.pt/

sexta-feira, outubro 12, 2007

quinta-feira, outubro 11, 2007

Nunca é tarde demais....


Primeiro produto do plano Visão 611

O FC Porto apostou forte no incremento da qualidade na formação e Rui Pedro foi o primeiro produto visível do projecto "Visão 611"
O FC Porto tem, actualmente, mais de 60 jogadores sob contrato e, como é lógico, nem todos cabem no plantel construído por Jesualdo. As consequências são óbvias: os que sobram encontram-se a rodar noutros emblemas, com a particularidade de a grande maioria destes jogadores terem passado pela formação do clube. Na longa lista de contratualizados há lugar para várias promessas do futebol português, como são os casos de Bruno Vale, Paulo Machado, Ivanildo, Hélder Barbosa, Vieirinha ou ainda Bruno Gama. No entanto, nenhum deles está a "aprender" no plantel principal dos bicampeões nacionais, mas antes em algumas das principais equipas das ligas profissionais portuguesas. Tem sido assim ao longo dos últimos anos da história do Dragão, com Bruno Alves como último exemplo de sucesso. O presente marca uma diferença relativamente ao passado recente, até porque este ano registaram-se mudanças na política de formação do clube, como consequência directa da implementação do projecto "Visão 611", que tornou "obrigatório" a integração de dois ex-juniores no plantel da equipa sénior no início de cada temporada. Ventura, Castro e Rui Pedro foram os primeiros "promovidos", mas apenas um teve oportunidade de somar, até ao momento, alguns minutos numa competição oficial; foi Rui Pedro, titular na derrota frente ao Fátima. O jogo não correu bem ao FC Porto, mas o avançado ficará para sempre conotado como o primeiro "produto" extraído e utilizado do projecto "Visão 611". Foi, aliás, o primeiro de uma política que tem como objectivo tornar o FC Porto, no prazo de cinco anos, no "melhor clube na formação" em Portugal, para além de pretender transformar os escalões de formação na principal fonte de talento do plantel principal.
O projecto que pretende transformar o FC Porto no "melhor clube formador" do país está associado a um número: 611. Este algarismo representa os anos que marcam o início - 200(6) - e o fim - 20(11) - deste plano que tem, por isso, cinco anos para começar a mostrar resultados práticos.

Escola holandesa trabalha para fazer história no clube (Finalmente algo de bom!!)

Mais do que um projecto, a "Visão 611" é uma acção que já se encontra no terreno há vários meses. Luís Castro é o rosto mais visível e mediático desta nova política para a área da formação, mas há muitos treinadores e olheiros a trabalharem diariamente com o objectivo de cumprir os principais motes desta missão: "vencer e estabilizar o sucesso", garantindo, ao mesmo tempo, as "melhores condições para formar" e desenvolver um trabalho com "profissionalismo e de forma evolutiva". Neste enquadramento encontram-se dois treinadores holandeses que o FC Porto foi "descobrir" no início da época ao PSV Eindhoven, considerada como uma das melhores escolas de futebol da actualidade. Patrick Greveraars (33 anos) chegou para treinar a equipa de juniores, enquanto Pepijn Lijnders (24) aterrou na cidade do Porto com a responsabilidade de desenvolver a técnica individual dos jovens jogadores, tendo um raio de acção que abrange desde as escolinhas até à equipa de juniores. Para além disso, acumula, tal como acontecia no PSV, o comando técnico dos sub-13. Ontem , por exemplo, foi possível vê-lo a trabalhar num dos campos do Olival com a equipa de sub-15, com exercícios que visavam melhorar o domínio de bola e o drible. Até porque, para Lijnders, "sem técnica não há táctica".

Fonte: Jornal ''OJogo''

terça-feira, outubro 09, 2007

Seja bem-vindo ao novo Estado Novo!!!

"Ontem, dois polícias "à civil" entraram na sede do Sindicato dos Professores da Região Centro (SPRC) na Covilhã e levaram dois documentos de informação referentes à acção de protesto marcada para hoje naquela cidade, onde estará o primeiro-ministro, no âmbito de uma visita à Escola Secundária Frei Heitor Pinto."
Jornal Publico

"A presença de dois agentes da PSP na delegação do sindicato na Covilhã está relacionada com o protesto agendado para amanhã, numa altura em que o primeiro-ministro, José Sócrates, vai estar na cidade."
tsf.pt

"Dois agentes à paisana da PSP visitaram o Sindicato de Professores da Região Centro, na Covilhã, por causa de uma acção de protesto marcada para esta terça-feira durante uma visita do primeiro-ministro a uma escola da Covilhã. Os sindicalistas nem queriam acreditar. Falam em atitudes persecutórias e pidescas e vão apresentar várias queixas."
portugaldiário.pt

Seja bem-vindo ao novo Estado Novo!!!

segunda-feira, outubro 08, 2007

Eles estão de volta!!



Estão de volta as gargalhadas nos serões de domingo!!

domingo, outubro 07, 2007

pensamento

"A grandeza de uma nação e o seu progresso moral, podem ser avaliados pela forma como tratam os seus animais."
Mahatma Gandhi

sábado, outubro 06, 2007

Âme


Depois de duas noites excelentes ao som deste senhor, no Lux no passado mês de Setembro e no Trintaeum quinta-feira achei este post mais do que apropriado!!
Kristian Beyer estudou anos para ser engenheiro civil. Acabou a fazer house. E a estabelecer pontes entre diferentes músicas e ritmos. Assume a admiração e influência, em partes iguais, pelo house nova iorquino e de Chicago e do techno de Detroit. O techno que, depois de uma luminosa infância, foi ganhando má fama nos anos 90, associado a festas com níveis excessivos de testosterona, com autómatos de olhar ausente e mandíbulas incontroláveis.
Mas a arte e o engenho que lhe deram origem souberam sobreviver e, disfarçado de ''minimal'', tomou de assalto não só pistas de dança de todo mundo, como também se legitimou infiltrando-se nas mais altas esferas culturais - o Sonar teve aqui um papel decisivo.
Testemunho destes contágios entre alta e baixa cultura é o recente projecto em que os Âme, que Kristian Beyer partilha com Frank Wiedmann, tomaram parte.
Chama-se Shut Up and Dance e é consequência da colaboração do Staatsballet com o Berghain, duas entidades aparentemente antípodas na esfera cultural Berlinense.
Numa inteligente manobra para alargamento de públicos, a Staatsballet, a companhia de dança clássica ''oficial'' de Berlim, saiu do conforto e da opulência da Ópera onde é residente, e desceu ao Berghain, o mais extremista clube de techno da cidade.
O resultado foi uma peça, levada a cena este verão, por cinco bailarinos/coreógrafos a acrescentarem movimento a outras tantas peças musicais de proeminentes produtores de ''hoje''. Nsi, Luciano, Sleeparchive, Luke Slater e Âme ajustaram as suas sonoridades, habitualmente apontadas à pista de dança, a este novo contexto.
«Fiori»(aconselho vivamente a escuta, uma viagem!!), é assim que se chama o contributo dos Âme, é um épico de dezassete minutos!!
Os bilhetes para estes sete espetáculos esgotaram em poucas horas e já estao pensadas novas colaborações!!
Está aqui uma prova simples que a música electrónica tem cada vez mais importância na actualidade!! Cada vez mais está a deixar de ser uma subcultura para se assumir por si mesma....

Para ouvir bem alto:

Âme - Rej
Âme - Shiro
Âme - Fiori



Excertos de entrevista públicada na revista do lux (mês de setembro)

Electrelane - To the east



4 meninas a fazer mt boa música!! Chamam-se Electrelane, estiveram em Paredes de Coura e este é o single retirado do seu último album ''No Shouts No Calls''.

sexta-feira, outubro 05, 2007

New Order

Não sendo um especialista nesta área, resolvi prestar a minha homenagem a esta banda...
Enquanto Joy Division, marcaram toda uma geração... e continuam a marcar... Depois da morte de Ian Curtis, não perderam o norte, e continuaram a sua fase criativa até aos dias de hoje... Não largaram os sintetizadores, mas optaram por uma onda mais leve, "colorida", inocente e sincera mas deveras madura!!!
deixo aqui um dos temas mais marcantes destes senhores da zona de Manchester!

terça-feira, outubro 02, 2007

Brigada Rolote e Ultras Copos



ai se a moda pega... ainda vamos ter os Frente Borrachões, ou os Ultras Tinto!!!

segunda-feira, outubro 01, 2007

Downgrade...

Sem fazer grande alarido a Microsoft permite que os utilizadores do Windows Vista façam downgrade para o XP!
Está insatisfeito com o Vista? Então veja o que pode ser feito para melhorar o seu sistema.
Se seu PC possui o Microsoft Vista Business ou Windows Ultimate e já está de cabeça perdida com o sistema operativo, saiba que é possível abandoná-lo e ‘voltar’ para o Windows XP Pro.
Na prática, o que a Microsoft está a possibilitar é, silenciosamente, permitir que o utilizador faça um downgrade no sistema.
A Dell, HP e Lenovo - todos nos Estados Unidos - estão entre os poucos fabricantes que oferecem esta opção aos clientes que compram máquinas com o Vista pré-instalado.
Para os clientes que solicitam, os PCs dessas marcas vêm com um disco de ‘recuperação’ para o XP Pro. Caso o utilizador deseje, ele pode trocar o sistema operativo que vem instalado no equipamento.
Para quem comprou o PC antes desta medida, basta entrar em contacto com o suporte técnico dessas marcas para obter o disco.
Fonte: Peopleware

sexta-feira, setembro 28, 2007

FC Porto (parte mil)

Ora bem... o blog está ao rubro... e analisando friamente a questão, tudo começa quando EU... publico um post a constatar uma realidade!!! O nosso treinador não consegue vencer um jogo numa competição a eliminar!
Foi o fim do mundo!!! Caiu o Carmo e a Trindade, dois sinos da Torre dos Clérigos e provavelmente o dragão do estádio abanou um bocadinho!!!
Por acaso, 2 ou 3 dias antes, EU tinha postado um artigo a dar os parabéns ao Jesualdo Ferreira, pois tinha feito uma análise, e constatei que o FC Porto estava a ter o melhor arranque dos últimos anos!
Foi um mar de rosas!!! ninguém disse nada! Impecável!!!
Ora bem... estamos na presença de 2 artigos com fundamento estatístico!
Agora levanto uma intriga... Quando se falou bem do Jesualdo ninguém disse nada... ninguém retorquiu... apenas houve um ou outro elogio ao Professor!
Agora, quando se constata a evidência de que o mesmo professor não conseguiu ganhar um jogo a eliminar pelo nosso clube... Começou o ataque com armas de destruição massíva contra um indivíduo que nem pertence aos quadros do nosso clube!!!
Será que para se justificar os nossos insucessos temos que mostrar os insucessos dos outros?
Sinceramente... não entendo o porquê!
Pelo menos, o alvo do meu artigo meramente estatístico reconheceu que a culpa é dele... e nisso felicito-o (agora vão falar bem de mim), mostrou que é uma pessoa com responsabilidade, e admitiu o insucesso!
Para finalizar, amanha, estou convicto que vamos vencer o Boavista e que este mau resultado vai ficar para trás! Provaremos que sabemos aprender com as vitórias, mas também sabemos aprender com as derrotas... e isto sim faz de nós, família Portista os melhores do Mundo!
Já agora... mais uma vez... estamos todos de parabéns... o nosso FC Porto completou 114 primaveras!

R.A.P. about Mourinho



Eu sei que e so humuristas neste blog.....mas este tem mais qualidade...sem duvida!!

Juniores FC Porto 5 Bovista FC 1

Baía_sobre_J Costa

F.C. Porto celebra 114º aniversário

O F.C. Porto completa, esta sexta-feira, 114 anos de existência, num dia de aniversário que se iniciará às 09h30, com o hastear da bandeira do clube, e que será assinalado ainda pela apresentação do protocolo F.C. Porto/Caixa – Banco Oficial das Modalidades e por uma visita às obras do Pavilhão Dragão Caixa.
Mais uma vez a comunicação social se esqueceu de nós!!!
Não peço abertura nos jornais... apenas peço que falem que a família portista está em festa!

Artmedia e Orçamentos....

O Artmedia ganhou o nome Bratislava na designação oficial do clube desde a época passada, mas os adeptos continuam a gritar pelo Petrzalka no estádio. Em 1993, com a separação da antiga Checoslováquia, o mais antigo clube da Eslováquia esteve à beira de desaparecer, mergulhado em dívidas. Teria sido o fim de uma pobre longa história, onde as 12 mudanças de nome desde a data de nascimento, em 1898, não encontravam paralelo na folha de registos desportivos.

O Petrzalka era apenas o terceiro clube de Bratislava. Ou melhor, o clube dos subúrbios, Petrzalka, na margem direita do Danúbio, uma zona de enormes blocos habitacionais da era comunista, construídos após a ocupação soviética de 1968. Com a falência anunciada, o clube foi salvo por Ivan Kmotrik, um dos mais ricos empresários do país, que ganhou fortuna com a privatização de uma empresa de impressão de publicações após a queda do bloco comunista em 1990.

Kmotrik investiu no clube dos subúrbios operários, juntou-lhe o nome da sua empresa, Artmedia (Petrzalka), e fê-lo atravessar para a margem esquerda do Danúbio, para o centro da cidade de Bratislava. O crescimento oficializou-se no papel com mais uma mudança de nome Artmedia Bratislava.

Mas foi no relvado que o Artmedia começou a reivindicar os frutos do seu crescimento, intrometendo-se na crónica rivalidade entre Inter e Slovan, os dois maiores clubes da cidade. O reconhecimento chegou na época passada, com o primeiro título de campeão de uma vida de 107 anos. Ivan Kmotrik transformara um clube de subúrbio num campeão nacional, em apenas 11 anos. E via abrir-se as portas da montra ideal a Liga dos Campeões. Reforçou a receita, investiu mais e tem agora o bilhete premiado nas mãos: Stano valeu o apuramento contra o Kairat Almaty duas semanas depois de ser contratado, Halenar foi o carrasco do poderoso Celtic Glasgow, com um hat-trick na goleada por 5-0 no primeiro jogo da segunda pré-eliminatória, dois dias depois de se ter mudado do rival Inter.

O Artmedia entrou na Liga dos Campeões com o mais pequeno orçamento de todos, 1,3 milhões de euros contra os 60 milhões do FC Porto, e já garantiu receitas para cobrir os próximos dois orçamentos. Kmotrik já tem planos para fazer do Artmedia o maior clube da ex-Checoslováquia, enquanto os adeptos continuam a cantar orgulhosamente por um Petrzalka que já não existe.(Jornal de Noticias)

O "Bicho"


biografia do capitão do f.c. porto

A vida e a obra de Jorge Costa


"Uma biografia de um desportista profissional com prefácio do presidente da República não é para todos. Em "Jorge Costa - Capitão", a pena de Jorge Sampaio distingue "um dos mais notáveis futebolistas que representaram Portugal e o F.C. Porto". O livro, a lançar depois de amanhã, pela editora Prime Books, é a narração antológica de um dos maiores jogadores portugueses de todos os tempos.

Oito títulos de campeão nacional, cinco taças, seis supertaças, uma Liga dos Campeões, uma Taça UEFA, uma Taça Intercontinental, um campeonato do Mundo de sub-20... Os numerosos troféus são a melhor unidade de medida para a gloriosa carreira de Jorge Costa, mas são meros dados estatísticos na biografia do "capitão" portista.

Ao longo de 174 páginas, os jornalistas Carlos Pereira Santos e Rui Cerqueira relatam e historiam os momentos mais marcantes da carreira de Jorge Costa, dos tempos do F.C. Foz aos instantâneos mágicos de Sevilha, de Gelsenkirchen ou de Yokoama, onde "O Bicho" (assim alcunhado por Fernando Couto) ergueu os troféus mais importantes.

"Não é um relato de extravagâncias", dizem os autores. O livro, contudo, descreve alguns dos episódios mais picantes e caprichosos do percurso profissional de Jorge Costa, também feito de lesões e de sacrifícios. E lá está estampado o chamado "caso da braçadeira", que originou o azedume com Octávio Machado e o exílio em Londres, durante seis meses, no Charlton.

A única verdadeira revelação de Jorge Costa é contada num capítulo todo dedicado à selecção nacional. Quase quatro anos depois, o capitão portista esclarece que ele e mais quatro colegas - Sérgio Conceição, Fernando Couto, Capucho e Petit - eram os cinco jogadores que o CNAD mencionava, sem os nomear, como estando no limiar do doping, por via da maldita nandrolona e por culpa do porco... Jorge Costa explica que todos eles foram à Mealhada comer leitão na véspera de fazerem análises ao sangue e à urina.

Foi esse eipsódio, entre outros, que levou Jorge Costa a decidir-se pelo abandono da selecção, logo após o Mundial. A justificação era só uma dar mais tempo à família, a qual, no caso dele, engloba um parente sempre presente, o próprio F.C. Porto." (Jornal Noticias)